15 de novembro de 2009

15 - Deixar de consumir bebidas de lata


Regra geral não consumo bebidas enlatadas. Em casa bebo água, sumos feitos no momento, chá. As latas que cá entram são, normalmente, de cerveja, trazidas pelo Zé Manel, fã desta bebida. Mesmo assim, normalmente compra-a em garrafas de vidro.

Ainda assim, às vezes, em casa de amigos, ou num café/esplanada, bebo alguma coisa que vem numa latinha...

Apesar de ter percebido que a reciclagem das latas de alumínio é eficiente - gasta-se menos 90% de energia reciclando uma lata de alumínio do que a produzir uma nova - a minha ideia é reduzir a quantidade de despedícios que gero, mesmo que passíveis de ser reciclados.


Portanto, a partir de hoje, nada de bebidas em lata (o que até é bom para a saúde, porque ou têm gás ou açúcar a mais...)!

E fiquei a saber que o minério usado para produzir latas para refrigerantes se chama bauxite!

2 comentários:

  1. entre as latas de cerveja e as garrafas, talvez as latas sejam uma melhor opção uma vez que seusa menos combustível no seu transporte (menos peso para a mesma quantidade de líquido). mas há palatos mais esquisitos que outros.

    ResponderEliminar
  2. temos que ver a questão de um ponto de vista mais alargado: não é só o tranporte que pesa, mas também a matéria-prima utilizada, a energia gasta no fabrico e depois na reciclagem, ... E até depende do país de que estamos a falar. No Brasil o alumínio é uma melhor opção. Em Portugal parece que é o vidro. Neste momento estou a investigar mais este tema e logo postarei mais informação.

    ResponderEliminar

Obrigada pela sua visita e pelo seu comentário!
Nem sempre respondo aos comentários, visto este já não ser um blogue activo.
Se precisar de me contactar faça-o através do email awondrousday@gmail.com.
Obrigada e um boas mudanças verdinhas!