29 de junho de 2012

203 - Fazer a minha mistura de cereais para o pequeno-almoço


Uma das coisas que sinto que mais me diferencia do comum dos mortais ("sustentavelmente" falando...) com que me cruzo (e de mim própria há uns tempos atrás!) é a necessidade de saber  - à exaustão - a história do que compro, seja um alimento, seja um produto de higiene, seja o que for... E digo-vos - se ainda não foram atingidos por este bicho - é cansativo! E imagino que, para quem, às vezes, leva com as minhas dúvidas, não seja nada agradável...

Toda esta informação que fui/vou recolhendo sobre se é ou não biológico, ético, poluente, venenoso, ... fica aqui, latente, e, mal eu pego nalguma coisa com a intenção de a adquirir... um alarme soa: 
- De que país?
- O que é esse nome esquisito?
- É testado em animais?
- Não diz se é ogm???? (Eu sei, ainda não dediquei um post a este tema, mas já ando a pô-lo em prática)
- É biológico, mas de onde?
- Ui, traz essas embalagens todas?!
- ...

E podia continuar com mais algumas questões que têm que ser satisfatoriamente respondidas antes de a minha mente concordar em trazer o que quer que seja que está na minha mão...

Conclusão: tenho-me tornado, cada vez mais, adepta do "faça você mesma".

Já há algum tempo que comecei a fazer a mistura de cereais que, nalguns dias, comemos ao pequeno almoço. Repesquei uma receita de granola aprendida com uma das minhas professoras de yoga e pesquisei receitas de muesli pela internet. E não, não é a mesma coisa. Para começar o muesli foi inventado por um senhor suíço e a granola por um americano, depois - e talvez mais importante - a granola é mais "rica em calorias" que o muesli... Mas ambos partem da mistura de ingredientes semelhantes.


a minha granola

GRANOLA

Ingredientes secos
3 copos de flocos integrais de aveia
1 copo de flocos integrais de trigo
1 copo de flocos integrais de centeio
½ copo de amêndoas picadas
½ copo de avelãs, ligeiramente trituradas
½ copo de gérmen de trigo
½ copo de sementes de sésamo
1 colher de chá de sal
½ copo de coco ralado (não ponho, odeio...)
½ copo de açúcar mascavado
1 copo de sultanas
Ingredientes molhados
2 colheres de água morna com 2 colheres de sopa de mel dissolvido
½ copo de óleo de linhaça

Misturar numa tigela grande todos os ingredientes secos, excepto o sal, as sultanas.
Juntar os ingredientes líquidos (óleo e água morna com mel) e acrescentar o sal.
Adicionar o preparado líquido aos ingredientes secos, misturando muito bem para humedecer os flocos de cereais.
Espalhar a mistura num tabuleiro grande e levar ao forno brando durante 20 a 25 minutos, mexendo a cada 5 minutos para ficar dourado por igual.
Retirar do forno, deixar arrefecer e finalmente acrescentar as sultanas. Misturar muito bem.
Guardar em frascos ou latas bem tapadas. 

MUESLI

Ingredientes
200g de flocos de aveia (se preferir, podem ser dos que se vendem já mais desfeitos)
25g de de gérmen de trigo e/ou farelo de trigo
75g de flocos de centeio ou cevada
50g de avelãs, ligeiramente trituradas
50g amêndoas laminadas
50g sultanas
100g de frutos secos picados, a gosto: alperces, figos, maçã seca, manga, cerejas, banana, ...

Método tradicional
Misturar tudo (é melhor misturar primeiro os frutos secos picados com a aveia para desfazer os "grumos" que possam formar-se).
Guardar em frascos ou latas bem tapadas (tem um tempo de conservação menor que a granola ou o muesli tostado, descrito a seguir)

Método menos ortodoxo (para quem gostar de texturas mais crocantes)
Misturar todos os ingredientes, excepto as sultanas e os frutos secos picados.
Espalhar a mistura num tabuleiro grande e levar ao forno brando durante 10 a 15 minutos, mexendo a cada 5 minutos para ficar dourado por igual.
Retirar do forno, deixar arrefecer e finalmente acrescentar as sultanas e os frutos secos picados. Misturar muito bem.
Guardar em frascos ou latas bem tapadas. 


Estas são as minhas receitas base. Há imensas, basta procurar pela internet. Nem sempre faço de igual modo. Por exemplo, da última vez que fiz granola usei flocos de cevada em vez dos de trigo e óleo de cártamo em vez do de linhaça. E no muesli raramente ponho os frutos secos picados.

Acho que ainda não há nenhuma confraria, quer de muesli quer de granola, por isso quase tudo é permitido...

14 comentários:

  1. Oi Ema, querida, bom dia e um excelente domingo! Você sempre genial em suas postagens e pesquisas. A procedência do que comemos e do que vestimos e até do turismo que fazemos, nos faz mais sustentáveis do que a maioria das pessoas imagina.

    Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grandes verdades, Elaine!

      Obrigada e uma boa semana.

      Beijinhos

      Eliminar
  2. Olá. Achei muito curioso este post, pois eu já há muito tempo que faço os meus cereais em casa! Adoro muesli, mas os que estão à venda são caros e demasiado doces para o meu gosto. Então o que faço é comprar vários cereais e mistura-los num frasco, adiciono também umas sultanas e outros frutos se me apetecer...a verdade é que um pacotinho de cada cereal dá para fazer imensas doses. Muito mais saudável a meu ver, económico e ecológico. Nunca experimentei estas receitas de ir ao forno e adicionar sal, talvez um destes dias...
    Muito obrigada pelo seu blog...sempre tão esclarecedor e interessante!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu confesso que gosto mais deles tostados... quer seja o muesli quer a granola (que como menos vezes...).

      Obrigada pelo carinho!

      Boa semana!

      Eliminar
  3. Ema, disseram-me que, por muito bem que os conserves, os cereias, depois de assim tratados, perdem qualidades (nomeadamente os óleos essencias), por isso que tem que ser preparado de fresco.
    Sabes-me dizer alguma coisa disso?!?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, nunca ouvi isso. Andei a pesquisar e não encontrei nada. Pelo que percebi perdem nutrientes quando são "purificados", por isso devemos escolher sempre cereais integrais.
      Não te sei dizer que a informação está certa ou errada. A primeira que encontrar mais informação partilha, está bem?

      Eliminar
    2. Combinado! ;-)

      Bom fim-de-semana!

      Eliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. Olá! Queria fazer mas... Quais sao as opçoes que há para nao colar no tabuleiro? Nao se cola, poe-se alguma coisa por baio,...? Obrigada :)!

    ResponderEliminar
  6. Desculpa queria dizer *por baixo... E nao há alternativas ao papel vegetal (se foi esse o usado...) ? Obrigada (outra vez ) ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá! Não é preciso colocar nada por baixo, não cola ao tabuleiro.

      Eliminar
  7. Adorei a ideia! Preciso de ingerir mais fibras. Vou experimentar. Obrigada!

    ResponderEliminar

Obrigada pela sua visita e pelo seu comentário!
Nem sempre respondo aos comentários, visto este já não ser um blogue activo.
Se precisar de me contactar faça-o através do email awondrousday@gmail.com.
Obrigada e um boas mudanças verdinhas!