12 de dezembro de 2012

A minha horta


Lembrei-me - a propósito de ter sido contactada por causa de um artigo para o Correio da Manhã - que desde as fotografias que mostrei da minha primeira experiência com as ervas aromáticas, nunca vos dei uma imagem mais geral da nossa horta na varanda (aqui mostrei as minhas sementeiras reutilizadas).

Não é que seja especialmente bonita, ou original, mas foi aqui que fui ganhando gosto por esta coisa de meter as mãos na terra.



Esta fotografia foi tirada no início de novembro.

Além do que aparece descrito na imagem, há, num vaso - mais escondido no canto inferior esquerdo - cebolinho, que ainda resiste, apesar do verão ter findado há muito. Os coentros e o aipo já acabaram. E no canto superior esquerdo, vê-se uma parte do pé de fisalis que costuma aguentar-se durante o inverno, rebentando em grande na primavera.

As protecções laterais (resultado de uma falha de comunicação entre a anterior inquilina e o fornecedor), apesar de feias (e longe da imagem das originais...) protegem o espaço da varanda das intempéries, criando um ligeiro efeito de estufa...

Na caixa de madeira, que no verão acolheu tomates-cereja, alfaces, rúcula, cebolinho e manjericão, tinham sido semeados - por altura da fotografia - rúcula e alho português.

Por debaixo do meu regador reutilizado (gostam?), do balde das "cascas" e de um vaso onde estão umas estacas de alfazema (a ver se pegam), vive a nossa família de minhocas...

E a nossa gata mais velha, não está bem camuflada?...


A rúcula agora está assim, prontinha a ser mondada...



... e o alho português já está a despontar. Uns mais do que outros!

Sem comentários:

Publicar um comentário

Obrigada pela sua visita e pelo seu comentário!
Nem sempre respondo aos comentários, visto este já não ser um blogue activo.
Se precisar de me contactar faça-o através do email awondrousday@gmail.com.
Obrigada e um boas mudanças verdinhas!