2 de fevereiro de 2011

189 - Usar um elixir oral natural

.
Confesso que não sou grande seguidora de elixir oral. Sempre usei escova de dentes, fio dentário (os dentistas não gostam que se diga fio dental...) e, há já alguns anos, raspador de língua. Mas elixir nem por isso... Mas faz parte dos hábitos diários do Zé Manel e as embalagens de plástico começaram-me a afligir. Por maior que seja, esvazia-se num instante, não há como as recarregar e não têm muita reutilização.

E é mesmo necessário, usar o elixir?

Pelo que eu li é mais um complemento, por isso é provável que algumas pessoas precisem mais do que outras. Normalmente - e preferencialmente - é o(a) dentista que indica esta necessidade (como aconteceu com o Zé Manel). Hei-de perguntar-lhe da próxima vez que o visitar.

Quase todos os elixires de venda são coloridos, "com sabor a...", refrescantes, "com agentes branqueadores", ... e já sabemos o que tudo isto significa: químicos sintéticos (corantes, conservantes, adoçantes???, ...). E, quase todos, contém álcool (em até 75% do volume total), que seca e irrita as mucosas da boca, o que pode até provocar mau hálito (???) e tornar os dentes mais sensíveis. Além de virem, normalmente, em embalagens de plástico, claro.
.

Solução? Procurar um elixir mais "verde" (e não estou a falar da cor) ou... adoptar uma receita mais simples (caseira) e natural. Além dos livros de que já falei aqui algumas vezes, tenho um novo (é, mais uma árvore para plantar...), um investimento feito com o prémio do green blogger award (obrigada!): 1001 remédios naturais, de Laurel Vukovic, DK - Civilização, Editores. Cheio de receitas para tudo e mais alguma coisa e simples de se fazerem.

Assim, fiz uma recolha (dos meus livros e da internet) de alguns elixires que podemos fazer em casa. Aqui ficam alguns, é só escolher!

Sal marinho
- 1/2 colher de chá sal marinho num copo de água morna
O sal é um anti-séptico suave, fortalece as gengivas e neutraliza o ácido que ajuda à formação do tártaro. Se tiver úlceras na língua pode fazer bochechos com esta mistura várias vezes ao dia.

Sal marinho e limão (sem tequilha...)
- juntar umas gotas de limão à "receita anterior" para branquear (o sal neutraliza o ácido)

Camomila
Fazer uma infusão de camomila e utilizá-la, fria, para bochechar (é desinfectante).

Elixir de salva
250ml de água a ferver
2 colheres de chá de salva seca
1/2 colher de chá de sal marinho
(tanto a salva como o sal são anti-sépticos suaves, adstrigentes - tonificam - e aliviam inflamações)
Verter a água sobre a salva, tapar e deixar em infusão durante 15 minutos. Coar, juntar o sal e deixar arrefecer. Bochechar com cerca de 60 ml. Utilizar no prazo de 2 dias.
.
Elixir de menta
250ml de água
1 colher de chá de glicerina vegetal
1 colher de suco de aloé vera (amacia as gengivas)
6 gotas de óleo essencial de hortelã-pimenta (combate as bactérias)
Misturar tudo e guardar num recipiente tapado. Agitar antes de usar. Utilizar nos dias seguintes.

Elixir de ervas
250ml de água a ferver
2 colheres de chá de hortelã-pimenta seca
1 colher de chá de sementes de anis (refresca o hálito)
1/2 colher de chá de tintura de mirra (fortalece as gengivas, é anti-séptica e conservante)
Verter a água sobre a hortelã-pimenta e as sementes de anis. Tapar e deixar em infusão até arrefecer. Coar e adicionar a mirra. Guardar o elixir num frasco e agitar antes de usar.

Se precisar de refrescar o hálito pode mastigar:
- salsa fresca;
- sementes de funcho;
- sementes de anis;
- folhas de hortelã ou hortelã-pimenta (ou beber uma chávena de chá das mesmas, ou bochechar um copo de água morna com uma gota do seu óleo essencial).

Também há (na internet) receitas com água oxigenada, mas optei por não as colocar (e não as usar!). A água oxigenada (peróxido de hidrogénio) pode causar lesões nas gengivas.
.

33 comentários:

  1. Já uso há muitos anos, o sal com água morna, para curar as dores de garganta - muito mais eficaz do que qualquer pastilha ou rebuçado que se vende nas farmácias. Uns valentes gargarejos com esta solução, dão um imediato alívio das dores, e ajudam a curar rapidamente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade! Muito melhor! É excelente! Receita da mamãe!

      Eliminar
  2. Sal grosso e sumo de limão, gargarejar (em jejum, de preferência!) e adeus dores de garganta!

    ResponderEliminar
  3. Nada é por acaso... ando a fazer dessas experiências lá em casa! :-D Isso e pasta de dentes. Coisas que tenho vindo a referir no Facebook do Topas, que infelizmente foi desactivado ontem! Enfim. Eu até tinha aprendido a gostar do FB e eles desactivaram a minha conta! Tenho pena pelos contactos que tinha feito e pela troca de experiências que fazia com os "amigos" que por lá criei. Ora, resta-me o meu blog. Espero é que as pessoas passem por lá...
    Vai ao blog e vê a minha velinha. Consegui Ema :-D Finalmente, consegui! :-D

    ResponderEliminar
  4. Este cantinho é mágico ! Já estou seguindo ! Qdo puder venha tomar um chá comigo o Strega Mamma ! Bjs refrescantes e perfumados !

    ResponderEliminar
  5. Oi querida Ema, há quanto tempo!

    Vou fazer um deles, porque meu marido gosta muito de enxanguante bucal.
    E eu não compro porque é testado em coelhos. Eles aprovam minha atitude e essas receitas poderão servir para substituir os produtos convencionais.

    Gratissima,

    Elaine

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora cá está uma terráquea consciente. Parabéns pela atitude.

      Eliminar
  6. Ema, já dei uma boa espiada no teu blog, mas não achei sobre um assunto que eu tenho dúvidas. É o seguinte, pintar os telhados de tinta branca realmente ajuda a diminuir o quentura do lugar e o entorno, se muitos o fizessem? Algumas pessoas, no Brasil pelo menos, dizem que a diferença é tão pequena que é inócua e que a campanha foi lançada por um fabricante de tintas, o que já é esquisito. Você sabe alguma coisa ou fonte segura sobre esse assunto?

    ResponderEliminar
  7. Gostei das dicas ;)
    Eu dei um dinheirão por um da colgate com acção branqueadora e para ser sincera não noto resultado nenhum. Vou experimentar a dica do sal com o limão!

    ResponderEliminar
  8. Que blog manero fiquei muito feliz por ver um blog tão bacana e instrutivo.

    vou seguir vc. sou de formosag-go
    e como sempre digo!
    "quem segue quer ser seguido"


    www.bomba-h.blogspot.com
    www.anarkilopolis21.blogspot.com

    ResponderEliminar
  9. Uso o óleo de girassol como elixir. Tem é de se bochechar durante 15m (ou até ficar espuma branca).
    Parabéns pelo blog.

    ResponderEliminar
  10. um filme interessante:

    http://vimeo.com/13735569

    ResponderEliminar
  11. Olá! Conheço bem o livro e recomendo! Últimamente até mesmo em vez de pasta normal dos dentes tenho usado uma de fabrico caseiro muito boa (à base de bicarbonato de sódio! E posso dizer funciona 100% e os dentes ficam super braquinhos e limpos :)
    Agora quanto a elixires acho que uns bons cházinhos de salvia e assim tb funciona!
    Mais uma vez bem haja pelos magníficos posts!!
    beijinho verde*

    ResponderEliminar
  12. Olá, dediquei-lhe um prémio lá no meu blog!

    Beijinhos, Ana Domingos.

    ResponderEliminar
  13. Miguel e Inês, obrigada pela dica para a garganta!

    ResponderEliminar
  14. Strega Mamma, obrigada pele visita. Já estou a conhecer o teu blog...

    ResponderEliminar
  15. Leonor, deixei um comentário no seu post.

    ResponderEliminar
  16. Obrigada Marcos. Vou visitar os seu blogs!

    ResponderEliminar
  17. Pami Sami, o elixir de salva de que falo aqui é, no fundo, chá com sal, eh, eh!!!

    ResponderEliminar
  18. Obrigada pelo carinho, Ana. Vou "colar" o selo aqui!

    ResponderEliminar
  19. Também quero diminuir a minha pegada ecológica e de vez em quando venho aqui inspirar-me.

    ResponderEliminar
  20. Oi, Ema:

    Cheguei até aqui seguindo a indicação da Renata - Dicas Green, e adorei seu blog !
    Já está na relação dos que visito sempre.

    Vou ler tudinho (haja tempo...)pois são informações preciosas.

    Já fiz uma postagem onde cito o livro que você indica: "50 pequenas coisas que você..."
    Veja aqui:
    http://floradaserra.blogspot.com/2009/04/o-lixo-nosso-de-cada-dia.html

    Eu e meu marido criamos a Teia Ambiental, onde em cada dia 7 do mês, os blogs participantes fazem uma postagem falando sobre o assunto Meio-Ambiente.
    Na lateral do meu blog estão as informações para participar. Ficaria feliz com a sua participação !

    São pessoas como você que ajudam a despertar a consciência ecológica na humanidade.
    Parabéns pelo blog.

    Beijo

    ResponderEliminar
  21. Olá Ema, tudo bem? Espero que sim. Não tenho visto nenhuma postagem sua há tempos e fiquei preocupada,

    Apareça. Gosto muito quando você escreve.

    O planeta sente sua falta.

    Bençãos de luz,

    Elaine
    ]

    ResponderEliminar
  22. Olá Ema!

    Encontrei o seu (teu?) blog por mero acaso, e achei-o simplesmente fantástico! A Ema é o exemplo que todas as pessoas deveriam de seguir para um mundo melhor. Eu próprio comecei o meu primeiro blog à alguns meses, sem um rumo certo, mas a minha paixão pela ecologia levou-me a torná-lo num blog mais verde.

    Continuação de bom trabalho!

    João Figueiras.

    ResponderEliminar
  23. Olá Flora Maria,
    obrigada pela companhia e entusiasmo.
    Já vi o seu post, e o seu blog. Parabéns!
    Vou estar atenta e participar na vossa teia no próximo dia 7!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  24. Elaine querida, deixei um comentário no seu blog!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  25. Olá João!
    Bem vindo, fico contente por teres chegado aqui. Espero contar com a tua companhia e sugestões!
    Boa sorte para o teu blog. Já estou a ver as tuas dicas!
    Bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  26. Oi Ema,
    Vi-a hoje no Biosfera e adorei as dicas!
    Parabéns!
    Sou fã do programa e sou apologista de todas as dicas ecologicas e amigas dos animais.
    Já faço algumas coisas, mas hoje aprendi mais umas :)
    Beijinhux e Parabéns
    Milu *

    ResponderEliminar
  27. Olá caros bloggers, tomei hoje conhecimento deste blogg através do programa biosfera. Achei muita piada a este post, e penso poder ajudar visto ser médico dentista. Por norma os elixires são um complemento à higiene oral não sendo essenciais. Considera-se essencial a escovagem dos dentes com uma escova macia durante aproximandamente 3 minutos e 3 vezes dia. Todavia, em determinadas patologias orais é necessária a utilização de colutórios sendo portanto obrigatória uma avaliação por parte de um dentista e uma prescrição individualizada. Gostava ainda de salientar que os colutórios idealmente nao deverão conter álcool ou água oxigenada. Grato pelas dicas do blogg e vou continuar a passar por aqui.

    ResponderEliminar

Obrigada pela sua visita e pelo seu comentário!
Nem sempre respondo aos comentários, visto este já não ser um blogue activo.
Se precisar de me contactar faça-o através do email awondrousday@gmail.com.
Obrigada e um boas mudanças verdinhas!