19 de setembro de 2010

170 - Afugentar os insectos com produtos amigos do ambiente


Como é obvio todos os insecticidas convencionais são poluentes, de um modo ou de outro. Basta ver que matam, quase imediatamente, os insectos...

Ora, eu não tenho nada contra as formigas, têm a sua função (e até me habituei a vê-las - tão queridas - nos desenhos animados...) mas não fiquei muito satisfeita quando resolveram vir explorar a nossa cozinha.


Na verdade até já tinha estranhado - em cerca de dois anos aqui - ainda não ter visto nenhuma (o apartamento é num rés-do-chão. Elevado, por isso não é mesmo rés ao chão... mas é suficientemente perto dos jardins e "prados" que envolvem o nosso prédio)!

Mas este ano têm aparecido mais insectos (mosquitos, aranhas, moscas,...), provavelmente porque temos plantas dentro de casa e uma verdadeira mata na varanda (em breve falarei dela...)!

Então, lá fui eu procurar uma solução amiga do ambiente e das formigas (está bem afugenta-as, mas não as mata!).

Também encontrei "receitas" caseiras que as matam, mas essas não têm lugar aqui!

Para se livrar das FORMIGAS

Colocar nos locais por onde passam e aparecem (em qualquer dos casos, trocar a cada duas semanas, para que o cheiro não se dissipe):
- cravos da índia;
- borra de café;
- sal;
- farinha de trigo (branca);
- cinza;
- ramos de menta ou gotas de óleo essencial de menta numa bola de algodão;
- bolas de cânfora:
- um limão cortado num pires. Variante: um limão bolorento (???) cortado em pedaços pequenos...:
- algumas gotas de um ou mais óleos essenciais de hortelã-pimenta, hortelã e citronela, vertidas numa bola de algodão.

Estas receitas devem ser para as mais resistentes:
- punhados de cravo-da-índia, folhas de louro e cascas de limão ou de tangerina - possuem óleos essenciais repelentes;
- Hortelã seca, pimenta-de-caiena e bórax:
----- 7,5 g de folhas secas de hortelã,
----- 35 g de pimenta-de-caiena em pó,
----- 30 g de bórax.

Pelos visto também ajuda lavar com água e vinagre (não sei a proporção) todos os sítios e objectos onde as formigas aparecem.

Fiquei surpreendida: com tantas coisas (baratas e fáceis de arranjar) que as formigas não gostam, para quê insecticidas?!

O que eu experimentei?
- A borra de café: espalhei ao longo do percurso desde a porta da varanda da cozinha até ao armário onde está o balde do lixo. E não a vale a pena dizerem-me para o despejar mais vezes, porque até pode estar lá dentro só uma casquinha de melão que elas vêm aos batalhões! No espaço de umas horinhas desapareceram quase todas! Como não me apetecia ter borra de café espalhada pelo chão mais tempo, peguei num limão já mirradito, cortei em 8 e coloquei os pedaços em pontos estratégicos (e espremi o sumo de alguns nas bordas do balde). Passada a noite andava uma formiga (provavelmente sem olfacto) perdida... como prevenção coloquei alguns cravos-da-índia na beira exterior da porta.

As moscas e mosquitos não são tanto um problema, porque temos uma gata caçadora de insectos, a Yari, mas há dias em que entram mais do que a conta dela e dias em que ela está de folga, por isso acho que vou experimentar fazer um belo ramo de louro, eucalipto e alecrim! Manjericão já tenho na varanda.


Como afugentar Moscas e Mosquitos

- embeber chumaços de algodão num pouco de lavanda e espalhe pela casa;
- citronela: o melhor para os ambientes é usar o óleo essencial aquecido num difusor. Se preferir cultive a citronela, pois é de fácil multiplicação e não requer grandes cuidados;
- espalhar pela casa tigelas com cascas frescas de limão e laranja misturadas com cravos secos;
- colocar, em jarras ou vasos, as seguintes ervas em molhos: sabugueiro, alfazema, hortelã, hortelã-pimenta, artemísia, poejo, arruda e abrotano (será que têm que ser mesmo todas? Não!!!);
- pendurar pedaços de raiz pegajosa de enula-campana nas portas, janelas, etc;
- espalhar pela casa (ou maceradas numa taça com água) folhas de louro, eucalipto, manjericão, alecrim.

E se o Gorgulho aparecer (nunca o vi!)... é só colocar folhas de louro nos recipientes de farinha, arroz, legumes secos, ...

Outra hipótese é a prevenção. Há uma série de plantas que são desagradáveis para os insectos que nos incomodam mas bem agradáveis para nós! Plantá-las em vasos nas janelas e varandas pode servir como barreira:

- a alfazema, a hortelã-pimenta e a tanásia ajudam a afastar as formigas;
- abrotanos, alecrim, aspérula-odorifera, calamo-aromático, cavalinha, cidreira, tanaceto, funcho, hortelã-pimenta, lupulo, macela, manjericão, manjerona, margaridas, pinheiro, poejo, rosas, salva, tomilho, arruda, violetas e erva-ulmeiro afastam pulgas, traças e outros insectos.

A questão aqui é ter espaço para mais uns vasos...

A receitas que aqui apresento foram retiradas dos meus livrinhos de conselhos ecológicos (de que já falei) e de alguns sites (este, este e este).

16 comentários:

  1. Viva, Viva!!

    Sou seguidora assidua do blog e "amiga" no FB, por convicção nos valores q os mm difundem.

    No entanto, permita-me uma observaçãozinha: estes textos a branco em fundo azul, exercem nos meus olhos um tal efeito psicadélico q fico a ver tudo às riscas durante... Tenho pena... :S

    ResponderEliminar
  2. Adorei o post. Alguns truques já conhecia mas outros fiquei surpreendida. Podemos acrescentar mais um contra as investidas das formigas - RE-utilizar as folhas de chá após termos bebido o divino líquido. Podemos aproveitar os de saqueta também.
    Resulta de facto, já experimentei e como era no exterior - entrada para o prédio foi eficaz e sem problemas para os cães ou outros animais.
    Continuação de boas pegadas...
    www.SouNatural.com

    ResponderEliminar
  3. Gostava (mais uma vez) que publica-se um post (ou então mandar-me um e-mail: sofia.canteiro@hotmail.com) de como livrar-se de bichos da madeira de uma forma natural(ou não) e ecologica.Não a quero massar, nada disso apenas não encontro em lado nenhum uma soluçao para este problema.
    Agradecia muito
    PS: adoro o seu blog

    ResponderEliminar
  4. Obrigada Irina, pela dica!
    Já estou a ler o teu blog...

    ResponderEliminar
  5. Sara, mal volte de férias, vou investigar o que me pedes e o que encontrar envio-te, está bem?
    Obrigada pelo carinho!

    ResponderEliminar
  6. mjgomes,
    obrigada pela companhia!
    Quanto às cores...
    - um fundo escuro, na maior parte dos computadores, poupa energia. Pode ler mais sobre este assunto aqui: http://365coisasquepossofazer.blogspot.com/2009/11/substituir-o-wallpaper-do-computador.html
    - provavelmente essa sensação tem mais a ver com o brilho do seu monitor. Quase todos, por defeito, têm-no quase no máximo, o que é péssimo. Também tem mais informação aqui:
    http://365coisasquepossofazer.blogspot.com/2010/01/reduzir-o-brilho-do-monitor-do.html

    Se não tiver a ver com o brilho do monitor diga-me e eu vejo como fica escurecendo um pouco as letras.
    Obrigada!

    ResponderEliminar
  7. Interessantíssimo! Devo dizer-lhe que iniciei á pouco tempo uma postura mais racional face ao ambiente e por isto admiro-a imenso! Adorei o blog! Sabe, costumo usar vinagre para limpar tudo, em vez de detergentes.Funciona muito bem e não fica nenhum cheiro a vinagre, desaparece rápido! Sobre as formigas, nem imagina.. nunca vi tal coisa, apareceram-me na casa de banho e andam pelos bordos da banheira. Vou realmente utilizar algumas dessas formas de as "enxotar". Nem tenho muita aversão a vê-las ali, pois são inofensivas, o que me faz mossa é realmente afogá-las quando vou tomar banho! Dê um saltinho ao meu blog quando puder sim? www.acozinhadaruiva.blogspot.com
    Beijinhos'

    ResponderEliminar
  8. Olá "Ruiva"

    Obrigada pelo carinho e bem vinda a este "mundo dos cuidados ambientais"...

    Também tenho usado cada vez mais o vinagre (até no cabelo) e realmente não deixa cheiro.

    Que estranho, formigas na casa de banho, normalmente andam atrás de comida!

    Já juntei o teu blog aos meus eco - alimentação! Já o tinha andado a ver desde que encontrei o teu outro comentário! Delicioso!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Cara Ema,

    Quando estive na Guiné-Bissau disseram-me a erva-principe afasta os mosquitos. Eu já a utilizava como érva-aromática para cozinhar e como chá. Mas fiquei sem perceber se efectivamente afstava os mosquitos, uma vez que por lá há mosquitos de sobra.

    Obrigada

    PS: descobri hoje o blog e quero dar-te os meus parabéns. A informação disponibilizada é sem dúvida uma grande ajuda para minimizar a nossa pegada ecológica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Mónica, pelo dica e pelo carinho!

      Eliminar
  10. Ola boa tarde tenho dois pastores alemães e no canil tem sempre muitas moscas e melgas e gostaria de me ver livre delas , pois adoro os meus cães e não me agrada ver tanta mosca e melga a volta deles .A minha pergunta é se eucalipto e alecrim faz alguma coisa .Obrigada
    Já agora o meu nome é Ana Silva .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana,
      nestas coisas o melhor é experimentar e ver como corre. Às vezes funcionam melhor umas soluções, outras vezes... outras!
      Boa sorte.

      Eliminar
  11. Ola
    Estava a pesquisar e dei com o teu blog. Parabéns desde já por ele.
    Mas gostaria de saber se tens alguma ideia para afugentar os peixinhos prata. Já tentei de tudo mas ele não desaparecem para sempre.

    Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até ler aqui nunca tinha ouvido falar em peixinhos prata. Não encontrei nenhuma solução para eles, mas ao que parece são inofensivos. Ter um gato em casa ajuda, e falo por experiência própria, pois apanham tudo o que mexe...

      Eliminar
  12. Para livrar de moscas e mosquitos com cascas de limão ou laranja e cravos secos, posso colocar rosas secas, faz o mesmo efeito? Obrigado

    ResponderEliminar
  13. Olá Ema!
    Sou seguidora da sua página e blog há muitos anos. Andava à procura de uma solução para eliminar os bichinhos de prata e dei com este post seu. Os bichinhos de prata não são assim tão inofensivos como se julga. Eu tenho imensos cá em casa, aparecendo sobretudo durante a noite e dão cabo de imensa coisa. No escritório têm dado cabo de papéis e algumas fotos, já que adoram a celulose e a cola, e ultimamente tenho-os visto no sofá da sala e a trepar pelas paredes. Tenho um bebé pequeno e como deve calcular não é nada agradável vê-los a andar à-vontade com uma criança cá em casa. Também tenho uma gata e quando dá conta deles come-os de facto mas não é o suficiente, sobretudo se aparecerem em diversos pontos da casa (algo que tem acontecido ultimamente). Eles adoram celulose do papel e as fibras da roupa e ultimamente até a roupa tem aparecido estragada (picada). Li há uns anos que algodão embebido, creio que em essência de tomilho, resultava. O problema é que não tenho a certeza se era tomilho :-).
    Fátima Rocha

    ResponderEliminar

Obrigada pela sua visita e pelo seu comentário!
Nem sempre respondo aos comentários, visto este já não ser um blogue activo.
Se precisar de me contactar faça-o através do email awondrousday@gmail.com.
Obrigada e um boas mudanças verdinhas!