18 de novembro de 2010

184 - Encontrar soluções naturais para reduzir a queda do cabelo

.
Eu sei que é normal cair cabelo... a média, segundo um dos meus livrinhos de beleza natural (de que já falei aqui) é de 100 cabelos por dia (nalguns sites referem entre 30 e 90...). Também sei que é normal cair um pouco mais na altura do Outono (é a queda da folha...). Mas há Outonos em que cai mais e este é um deles! E apesar de ter uma invejável (segundo me dizem) cabeleira farta, ainda que - agora - curta, quero assim mantê-la e a prevenção é sempre a melhor opção.

Para já quero ver se resolvo a questão sem suplementos (ainda que naturais) e fui relembrar os nutrientes que mantém o nosso cabelo saudável, a ver se me falha algum:

vitamina A e betacaroteno - mantêm o couro cabeludo saudável e ajuda a reconstruir os tecidos. Encontram-se nos legumes de folha verde-escura e nos legumes e frutos amarelos e cor-de-laranja;
vitaminas do complexo B - mantêm o cabelo forte e o couro cabeludo saudável. Encontram-se nos cereais integrais, legumes de folha verde-escura, frutos secos e alimentos à base de soja;
ferro - segundo li é a sua falta a pincipal causa de queda de cabelo entre as mulheres. Encontra-se nos legumes de folha verde-escura, frutas e frutos secos, cereais integrais e leguminosas.

Portanto toca a comer couves, pencas e afins (na verdade durante o Verão não comi tantos legumes verde-escuro. Só espinafres). Cereais integrais já como... Vou talvez aumentar também a dose de frutos secos, sem exageros, claro!

Também encontrei informação sobre o silício (orgânico), muito importante para o crescimento de novo cabelo e que se encontra nas gramíneas integrais, nos cogumelos, na cavalinha (uma óptima fonte) e na levedura de cerveja. No meu caso não é certamente por falta de silício.
E a levedura de cerveja é um óptimo complemento porque contém também (e entre muitos outros nutrientes) vitaminas do complexo B e zinco.

E não, não é por falta de proteínas (e consequentemente de "alguns" aminoácidos), esse "polémico" assunto (um dos...) entre vegetarianos e não vegetarianos! Tenho proteínas nas leguminosas, soja e derivados, ...


Além da alimentação que mais cuidados posso ter (encontrados em vários sites)?

- enxaguar o cabelo com água bem fria, para estimular a irrigação sanguínea. Já faço;
- lavar os cabelos com um champô suave. O meu é bem natural;
- não pentear o cabelo quando estiver molhado. Confere...;
- não utilizar o secador. Não utilizo. Mas se tiver mesmo que o fazer não o segure muito próximo da cabeça (uma distância de 15 cm é o ideal) e regule o calor para o mínimo;
- evitar substâncias químicas agressivas como o cloro das piscinas (ultimamente até tenho evitado, com alguma pena minha...) e as tintas de coloração (não herdei o gene dos cabelos brancos prematuros);
- fazer exercício físico diariamente para - também - estimular a irrigação sanguínea. Também confere;
- praticar yoga (hihihihi...) para reduzir o stress. Stress, qual stress???;
- fazer, todos os dias, uma massagem no couro cabeludo! Ui, que bom!!! Se me fizerem uma massagem no couro cabeludo adormeço num segundo. Ah! Faço eu a massagem... antes do duche... Está bem. Novo hábito a incorporar. Massajar o couro cabeludo não só estimula a circulação sanguínea (...), mas também ajuda a eliminar as impurezas que podem obstruir os folícolos pilosos, e favorece o crescimento do cabelo.

Algumas sugestões de massagens (sem ser só a massagem "pura")

Vinagre de maçã e urtigas:
- vinagre de maçã
- uma embalagem de urtigas bravas (podem ser secas, se forem verdes, melhor)
Colocar meio litro de água ao lume até ferver. Misturar uma colher de sopa bem cheia de urtigas e deixar em infusão 5 a 10 minutos. Passar por um coador (pode guardar no frigorífico o que sobrar).
Espalhar um pouco de vinagre de maçã na cabeça e friccionar suavemente todo o couro cabeludo antes de cada lavagem. Depois, lavar a cabeça e secar com uma toalha; aplicar o chá de urtigas, fazendo massagens suaves em todo o couro cabeludo, principalmente na parte de cima da cabeça, activando a irrigação sanguínea nesta zona.
Por último, secar o cabelo com o secador, pois o calor permitirá uma melhor penetração do produto (espero que esta parte seja opcional...).
Fazer este tratamento 2 a 3 vezes por semana.

Óleo de massagem para o couro cabeludo*:
- 3 gotas de óleo essencial de alecrim
- 3 gotas de óleo essencial de alfazema
- 1 colher de sopa de hamamélis destilada
Misturar os ingredientes e massajar o couro cabeludo uma vez por dia, antes de deitar ou de lavar o cabelo.

Fórmula aromaterapêutica para crescimento do cabelo*:
- 1 colher de chá de óleo de jojoba
- 15 gotas de óleo essencial de jasmim
- 10 gotas de óleo essencial de cedro-de-atlas
- 60 ml de gel de aloé vera
Misturar primeiro os óleos. Juntar o gel de aloé vera e misturar bem. Guardar numa garrafa. Massajar uma colher de sopa desta mistura no couro cabeludo todas as noites antes de deitar.

Infusão contra a queda de cabelo:
- 2 colheres de sopa de folhas de amoreira picadas (bem lavadas e seleccionadas)
- 1 chávena de chá de água a ferver
Fazer a infusão e aguardar que arrefeça. Coar. Aplicar em todo o couro cabeludo e massajar delicadamente com as pontas dos dedos. Deixar actuar durante 30 minutos e lavar normalmente.
Fazer 3 vezes por semana.

Acho que vou experimentar primeiro esta última porque tenho uma amoreira mesmo aqui em frente.

Também gostei da técnica japonesa (no tal livrinho de beleza) de dar puxões ao cabelo: "incline a cabeça para a frente e agarre uma madeixa de cabelo junto ao couro cabeludo. Puxe com força, relaxe, puxe novamente. Repita o processo três vezes. Repita em todo o couro cabeludo."

E claro que encontrei imensas receitas de máscaras para o cabelo, dignas de um post...

* in 1001 remédios naturais, Laurel Vukovic, DK - Civilização, Editores, lda
.

17 comentários:

  1. Também te ia falar sobre a levedura, ando a aprender sobre estas coisas, mas deste-me aí uma verdadeira lição de como alimentar o couro cabeludo.
    Obrigada!

    ResponderEliminar
  2. Muito bom este post.
    Eu agora estou com um cabelo fantastico por causa da gravidez. Mas ébom preparar-me para o depois!

    Obrigada
    Bjinhos
    Sandra

    ResponderEliminar
  3. Olá,
    queria dar-lhe os parabéns pela iniciativa, este blog é óptimo para consciencializar as pessoas sobre a forma como devemos tratar o nosso planeta. Eu própria já adoptei algumas das medidas que aqui sugere e estou a adoptar mais, aos poucos. Muitos parabéns pelo blog, fiquei fã!

    Ana Domingos,
    www.amo-osanimais.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. É incrível a quantidade de soluções práticas pra se manter um cabelo saudável.

    Novo post:

    http://ocantinhodomestre.blogspot.com/2010/11/insonia-incomoda.html

    ResponderEliminar
  5. Bom dia:
    Descobri o seu blog através de um artigo da revista Visão Verde. Não tenho o costume de comentar blogs, mas não podia deixar de o fazer neste. Parabens pelo trabalho feito! Tem dicas muito boas e ontem pude comprovar uma delas. Desentupi o cano do lava-louça com o bicarbonato de sódio e vinagre..e deu resultado. há outras ideias que vou seguir do seu blog. Já agora faço-lhe uma pergunta acerca de máscaras para hidratar o cabelo...sabe alguma receita caseira? Já me disseram que colocar azeite é óptimo...mas a imagem disso não é muito apelativa!
    Mais uma vez parabéns pelo seu blog e pela dedicação.
    Sara

    ResponderEliminar
  6. Sara, obrigada pela atenção e pelo carinho. Ainda bem que já ajudei!!!
    É verdade, encontrei algumas máscaras para o cabelo enquanto pesquisei para este post. Estou a compilá-las tal como fiz com as máscaras para o rosto. Em breve aparecerão aqui. O azeite sempre foi usado no cabelo, mas na nossa sociedade (ao contrário do que acontece noutras), andar com ele lustroso e brilhante (leia-se oleoso) não é considerado muito bonito... eh, eh!
    Bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  7. Ana, obrigada pela "companhia" e entusiasmo!
    E parabéns, também, pelo blog em defesa dos animais! Vou juntá-lo aos meus favoritos.

    ResponderEliminar
  8. De nada "Poupadinha"! Obrigada pela presença!

    ResponderEliminar
  9. Espero que a gravidez esteja a correr muito bem, Sandra.
    A minha mãe, depois de cada gravidez (foram 3) cortava o cabelo... e sempre continuou a ter um cabelo óptimo!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. oie Ema parabéns pelo blog, vou usar uma dessas tecnicas pra ver se acabo com a queda dos meus cabelos, ja vi q faço algo errado, so lavo o cabelo com agua quente,rss, bjinhoss e ótimo final de semana.

    ResponderEliminar
  11. Olá! Descobri este blog há poucas semanas e fiquei viciada! É inspirador lê-lo e motiva-me a evoluir como pessoa. A sério! Parabéns Ema! Deveriam haver mais pessoas como tu no mundo!
    Quanto à queda de cabelo, a levedura de cerveja resulta muito bem comigo. Deve ser ingerida crua. Já tentei deitar um bocadinho num copo de água e beber mas é intragável. A melhor forma que encontrei foi salpicar a sopa que coloco no prato com uma colher de sobremesa de levedura. A sopa já não está muito quente (senão não a comia) e já não coze e levedura.
    Beijinhos e bom domingo!

    ResponderEliminar
  12. Obrigada Sílvia, pelo carinho e entusiasmo, aquecem-me o coração!
    Eu por acaso gosto do sabor da levedura e uso-a para temperar saladas e até pra fazer um paté para o pão... Não gostando, o melhor realmente é misturar na sopa ou, já agora, noutro prato qualquer.
    Bejinhos e bom ano!

    ResponderEliminar
  13. Obrigada dja. Não esquecer que o champô também é importante. Quanto menos químicos melhor!
    Beijinhos e bom ano!

    ResponderEliminar
  14. Receita para promover o crescimento e evitar caspa:
    - duas colheres de café de azeite
    - 3 gotas de óçeo essencial de alecrim
    - 2 gostas de óleo essencial de alfazema

    Impregnar, à noite, o couro cabeludo com esta solução e lavar o cabelo com shampô no dia a seguir. Sempre tive um cabelo forte, mas esta receita faz o meu cabelo ficar com um aspecto ainda mais saudável, deixando-o encorpado, brilhante. Perfeito!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Sílvia, pela partilha da receita!

      Eliminar

Obrigada pela sua visita e pelo seu comentário!
Nem sempre respondo aos comentários, visto este já não ser um blogue activo.
Se precisar de me contactar faça-o através do email awondrousday@gmail.com.
Obrigada e um boas mudanças verdinhas!